Roma Wijnaldum

O volante holandês Georginio Wijnaldum, que no último domingo sofreu uma fratura na tíbia da perna direita, não voltará à Roma antes de janeiro de 2023, o que pode tirá-lo da Copa do Mundo do Catar. O anúncio foi realizado nesta sexta-feira pelo clube italiano.

“Creio que será nosso grande reforço em janeiro. Nós o contratamos para toda a temporada, então o esperamos em janeiro”, disse o diretor-geral da Roma, Tiago Pinto, sobre o jogador, que foi emprestado pelo Paris Saint-Germain por um ano.

“Para mim, foram 24 horas difíceis porque lutamos para trazer ‘Gini’ à Roma. Depois de apenas uma semana, parecia que já estava há um ano aqui”, acrescentou.

Wijnaldum, que chegou em agosto à capital italiana, sofreu a grave lesão em um choque durante um treinamento. Após vários dias de consulta entre as partes envolvidas – Roma, PSG e seleção holandesa -, foi decidido que o jogador não passará por cirurgia, informaram vários veículos de imprensa.

O tempo de recuperação previsto é de pelo menos três meses, o que o impede de jogar com a Roma até o retorno do Campeonato Italiano, depois da Copa do Mundo, que ocorrerá entre 20 de novembro e 18 de dezembro. No entanto, a federação de futebol holandesa ainda não descartou oficialmente a presença de Wijnaldum no Mundial.

O post Roma projeta retorno de Wijnaldum para janeiro de 2023 apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.