Membros de torcidas organizadas do Deportivo Cali ficaram feridos ao serem atacados por outros do Racing nesta quarta-feira, no distrito de Avellaneda, perto de Buenos Aires.

Os “barrabravas” argentinos perpetraram o ataque dentro de um trem quando ele estava parado em uma estação da região, em aparente vingança pelo roubo de uma grande bandeira ocorrido na semana passada, no estádio Presidente Perón.

Torcedores violentos do Cali haviam roubado a bandeira azul e branca antes da partida do Racing contra o peruano Melgar, pela primeira fase da Copa Sul-Americana.

Confira a provável escalação do Corinthians para enfrentar o Always Ready

Os colombianos estão no país para participar nesta quinta-feira, no estádio La Bombonera, de uma partida decisiva da primeira fase da Libertadores. O roubo desencadeou uma série de ameaças cruzadas nas redes sociais e promessas de vingança.

A situação disparou os alarmes dos órgãos de segurança, mas a polícia chegou após o ataque.

Outro incidente ocorreu nesta quarta-feira no mesmo bairro de Avellaneda, quando torcedores do Independiente entraram em confronto com a polícia antes da partida contra o Ceará, decisiva para a fase de grupos da Copa Sul-Americana.

O saldo foi de 163 torcedores presos e dois policiais com ferimentos leves. A mídia argentina disse que este confronto foi desencadeado após uma tentativa de despejo de torcedores de uma área próxima ao estádio Libertadores da América do Independiente.

Os “barrabravas” se recusaram a cumprir a ordem e começaram a lançar projéteis até serem reprimidos e presos pela polícia.

Veja quem foi bem e quem foi mal na vitória do São Paulo sobre o Ayacucho

O post Torcedores do Deportivo Cali ficam feridos em confronto com “barrabravas” do Racing apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.