O presidente do Barcelona, Joan Laporta, considerou nesta quarta-feira, em entrevista ao jornal catalão L’Esportiu, que a renovação de contrato de Kylian Mbappé com o Paris Saint-Germain “vai contra os princípios da União Europeia”.

“Isso distorce o mercado. Os jogadores acabam sendo sequestrados pelo dinheiro. São os efeitos de um clube que tem um Estado por trás”, afirmou Laporta. “Vai contra todos os princípios da União Europeia. É uma reflexão sobre a sustentabilidade do futebol na Europa”, acrescentou.

“Depois, há a leitura que pode ser feita pelo Barça. Existe um adversário direto que não saiu fortalecido e preferimos que este não possa nos bater na hora de competir”, concluiu Joan, em referência ao Real Madrid.

O dirigente defendeu que o clube deve se preocupar em formar um time competitivo e acatar a sustentabilidade do futebol. “Acredito que não devemos nos preocupar tanto com um rival”, finalizou.

O post Renovação de Mbappé “vai contra princípios da UE”, diz presidente do Barcelona apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.