Antony é um dos destaques do Ajax nos últimos meses e vem sendo cobiçado pelos gigantes ingleses Chelsea, Liverpool e Manchester United, segundo o site “90min”, da Inglaterra. Além disso, jogar a Premier League seria o desejo do jogador, o que aumenta ainda mais as especulações sobre o seu futuro. O brasileiro tem contrato com o Ajax até junho de 2025.

Ironicamente, caso o brasileiro opte pelo Chelsea, poderia novamente substituir Ziyech, que saiu do Ajax e não vem sendo unanimidade em Londres.

Já o Liverpool pensa no futuro, visto que Mané e Salah completam 30 anos nesta temporada e tem 18 meses de contrato. Dessa maneira, a compra de Antony seria semelhante a de Luis Díaz, que se juntou aos “Reds” para ocupar a faixa esquerda do campo no ataque, lado oposto ao de Antony.

O Manchester United, por outro lado, após a polêmica envolvendo Mason Greenwood, vê em Antony o jovem ideal para ocupar o lado do campo.

O brasileiro foi revelado pelo São Paulo e se transferiu para o Ajax em 2020, por cerca de 16 milhões de euros (R$ 74 milhões na cotação da época). Pelo clube holandês, já são 11 gols e oito assistências na temporada.

Com dribles rápidos e uma canhota afiada, Antony começou a ser convocado para a Seleção Brasileira e vem se mostrando um dos candidatos para a Copa do Mundo do Catar, no final do ano.

Além disso, já no início da temporada o próprio técnico do Ajax, Erik ten Hag, admitiu que será difícil manter uma de suas principais estrelas por muito tempo.

“Do ponto de vista esportivo, é claro que ele é um talento incrível. Especialmente se jogarmos na Liga dos Campeões, fica claro que ele será o centro das atenções e será interessante para muitos clubes”, afirmou.

O Ajax terminou a fase de grupos da competição com 100% de aproveitamento, com Antony marcando dois gols e dando quatro assistências em cinco partidas. Agora, a equipe enfrenta o Benfica pelas oitavas de final, sendo o jogo de ida na quarta-feira, às 17h (de Brasília), no Estádio da Luz.

O post Ex-São Paulo, Antony atrai interesse de gigantes ingleses apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.