Relatório prejuízo europeus

A Uefa divulgou o relatório financeiro de times europeus que atuam nos países que jogam pela entidade e mostrou um prejuízo considerável. Os clubes deixaram de arrecadar 4 bilhões de euros por conta do segundo ano de pandemia consecutivo.

De acordo com o estudo, isso se deve ao fato da paralização ainda na última temporada, pois também não puderam gastar quase nada ou receber a renda de público nos estádios, pois jogaram meses de portões fechados. O cenário poderia ser pior, mas as cotas de transmissão de televisão ajudaram bastante para não piorar a situação.

Outro ponto foi o aumento dos salários dos jogadores em meio a perda de receita. Esse aumento representa 2% nos clubes em geral, contudo, as despesas com essa parte chegam perto de 91% dos gastos anuais de um clube. Assim, a área onde o clube mais gasta teve aumento.

Andrea Traverso, diretora de sustentabilidade, finanças e pesquisa da Uefa, disse que existem duas opções de ajuda para a melhora da saúde financeira das equipes: “O primeiro é um movimento significativo em direção a um melhor controle de custos, em particular em relação a salários e transferências, e maior ênfase em investimentos de longo prazo em infraestrutura e desenvolvimento de jovens. A segunda é reconstruir a reserva de capital. As reservas de caixa sustentadas na última década foram uma importante primeira linha de defesa contra déficits de receita.”

O post Relatório mostra prejuízo de europeus com pandemia apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.