Jorge Jesus viveu um dia de sensações mistas. Suspenso, o treinador não esteve à beira do gramado na partida contra o Sporting Covilhã, pela Taça da Liga, mas viu o Benfica vencer por 3 a 0. Entretanto, o português sofreu com vaias recebidas pela torcida.

Antes da bola rolar, o sistema de som do Estádio da Luz anunciou o nome de Jorge Jesus e, para a tensão do treinador, os torcedores reagiram com vaias e críticas.

Alvo de muitas queixas no comando benfiquista, o Mister tem seu trabalho constantemente questionado, o que gerou interesse do Flamengo em sua contratação. O treinador, porém, foi mantido após a classificação para as oitavas de final da Champions. League.

O treinador não esteve no banco de reservas, o que o elenco ficou sabendo apenas 24 horas antes da partida. O auxiliar João de Deus comentou sobre a ausência do técnico e enalteceu o seu trabalho. “O nosso líder faz sempre falta e, a 24 horas de um jogo, saber que não o vamos ter é evidente que é uma situação triste e desagradável, que tivemos de ultrapassar. Felizmente os jogadores conseguiram pôr em prática a estratégia delineada e vencemos. Aproveito também para lhe dedicar esta vitória”, disse.

A vitória por 3 a 0 começou bem disputada, com o Benfica escalado com o time reserva. Precisando marcar três gols para se classificar, a equipe de Lisboa fez o dever de casa, começando por Seferovic, aos 28 minutos de jogo.

No segundo tempo, Darwin Núñez veio a campo e matou o jogo, marcando dois gols e fechando o caixão, selando a vaga do Benfica na semifinal da Taça da Liga.

Na competição, apenas os líderes dos grupos avançam de fase. Assim, o Sporting já garantiu presença, mas o Porto já foi eliminado. O adversário do Benfica ainda não está definido, podendo ser o Braga ou o Boavista.

O post Suspenso, Jorge Jesus vê Benfica garantir classificação, mas sofre vaias da torcida apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.